domingo, 25 de agosto de 2019

Venda antecipada de ingressos para a peça "Mulheres Invisíveis"

Continua a venda antecipada de ingressos para a peça "Mulheres Invisíveis", do grupo Estandarte de Teatro. Adquira seu ingresso antecipado na Fundação Cultural José Bezerra Gomes, em frente a agência do Banco do Brasil de Currais Novos/RN, e na Casa de Cultura Popular de Currais Novos, ao preço de R$ 10,00.
A peça foi construída a partir de fato ocorrido na cidade de Itajá/RN, no ano de 2015: a chacina de cinco mulheres. "Mulheres Invisíveis" é uma realização da Associação Avoante de Cultura, com o apoio da Marcha Mundial das Mulheres e do COMDIM - Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Currais Novos/RN.

terça-feira, 13 de agosto de 2019

HQs da Associação Avoante de Cultura no Beco da Lama

  
Imagens da Feira de Quadrinhos do último dia 10 de agosto

As HQs da Associação Avoante de Cultura estão representando o Seridó na Feira de Quadrinhos do Beco da Lama, localizado no bairro Cidade Alta, Natal/RN. O evento teve sua primeira edição em abril deste ano e desde então vem acontecendo regularmente uma vez por mês. O objetivo é dar visibilidade aos quadrinhos potiguares e criar espaços para sua comercialização, possibilitando acesso ao público. As HQs Avoante nº 1 e Kankão nº 1 participam da feira por intermédio do Sebo Letra N'ativa, iniciativa dos educadores Martha Maueny e Eidson Miguel, que busca inserir nos circuitos alternativos de cultura a produção literária do Rio Grande do Norte. A próxima edição da Feira de Quadrinhos do Beco da Lama está prevista para 21 de setembro.

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Peça "Mulheres Invisíveis" no Espaço Avoante de Cultura


Em julho de 2015, na cidade de Itajá/RN, aconteceu a chacina de cinco mulheres. No mesmo mês, a “Operação Galo de Combate”, na cidade de Alto dos Rodrigues, ganha destaque com a apreensão e sacrifício de 146 galos de rinha. Fatos que aparentemente não teriam nada em comum são interligados a partir da crônica da jornalista Sheyla Azevedo, que evidencia o modo como a sociedade deu mais destaque ao abate dos galos do que à morte violenta das cinco mulheres.
Usando um documento da vida real para estruturar uma narrativa que reflete sobre a vida das cinco mulheres assassinadas, e de todas que são vítimas diariamente de uma sociedade machista, misógina, racista e homofóbica, o Grupo Estandarte de Teatro apresenta ao público uma provocação social e política sobre o assunto, abrindo uma reflexão para o silêncio que acompanha esse tipo de violência. "Mulheres Invisíveis" versa entre a poesia, a simplicidade e a crueza da realidade de cinco mulheres tornadas visíveis aqui justamente por, como tantas outras, terem sido esquecidas em meio ao barulho ensurdecedor dos noticiários.
Patrícia, Ceiça, Cássia, Menininha, Dayane e todas as mulheres vítimas de feminicídio, PRESENTE!

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

O poder e a cultura



Casa de Cultura Popular de Currais  Novos - RN
Durante a festa da padroeira Sant’Ana, 2019, pôde-se ver um movimento não oficial dos artistas curraisnovenses ocupando os espaços e criando outros para difundir a arte e assim empoderar a cultura, evidenciar seu poder de mobilização.

A Casa de Cultura Popular imponente retomou sua agenda cultural depois de uma temporada sem corresponder a sua condição estratégica de articulação junto aos artistas.  

Solar das Artes, C. Novos - RN
O Solar das Artes, espaço que estava fechado foi revitalizado após provocação dos artistas local.
E de onde menos se espera, inventa-se novos equipamentos: A Tenda Avoante, a tenda escultórica em forma de pássaro montada na praça Cristo Rei com a missão de levar a arte mais próxima a população.

Tenda Avoante na praça Cristo Rei Currais Novos - RN




Para o artista o nada é um convite para o inventar, negar o padrão dominante do não existir. E o seu poder encontra-se na sua capacidade transformadora e isso nossos ativistas artistas sabem e tentam marcar novas pautas no discurso do tempo e espaço da cidade.

Inserir-nos no cotidiano da cidade e tornar a arte necessária. Para isso precisamos ter uma agenda de atividades que caminhe junto com a rotina da cidade e que a população reconheça sua necessidade. Essa inserção permitirá que os munícipes cobrem do poder público a inclusão de atividades culturais em projetos de governo.  










domingo, 17 de março de 2019

Esso Alencar abre Circuito Itinerante de Música Autoral no Espaço Avoante lançando novo CD




Na última sexta, 15 de março, o artista potiguar Esso Alencar abriu o Circuito Itinerante de Música Autoral, o CIMA, no Espaço Avoante de Cultura, com o show solo Agreste, que marca o lançamento de seu mais novo trabalho, o CD Várzea da Caatinga. O show também contou com a participação de artistas curraisnovenses como Francinaldo Moura e Vanessa Farias. 
Pela manhã, também no Espaço Avoante, Esso Alencar ministrou a oficina Produção Musical no Mundo Digital.


Oficina "Produção Musical no Mundo Virtual"

segunda-feira, 11 de março de 2019

Vidas Predestinadas no Espaço Avoante




Sábado, dia 09 de março, no Espaço Avoante de Cultura, a peça Vidas Predestinadas levou ao palco histórias de jovens de periferia marcados por estigmas étnicos e sociais: racismo, gravidez na adolescência, LGBTfobia, exploração infantil dentre outros. A peça foi o resultado de oficina ministrada no próprio Espaço Avoante, iniciada em outubro de 2018, financiada pelas penas pecuniárias aplicadas pela 2ª Vara de Justiça de Currais Novos.


segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Artista Potiguar 'Esso Alencar' Ministrará Oficina e Fará Show no Espaço Avoante de Cultura

Dia 15 de março, o artista potiguar Esso Alencar ministrará a oficina Produção Musical no Mundo Virtual, no Espaço Avoante de Cultura, das 9h às 12h. À noite, Esso apresenta o show Agreste, lançando seu CD Várzea da Caatinga.  

O formulário para inscrição na oficina está disponível no link: 
https://goo.gl/forms/Q6PPOPOHtx1rlBYJ3 
 


 

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Exposição " A Curva do Tempo", do artista plástico João Antônio




Na última sexta, 14 de dezembro, foi aberta, na Casa de Cultura Popular de Currais Novos/RN, a exposição A Curva do Tempo, que marca os 30 anos da primeira exposição do artista plástico curraisnovense João Antônio de Medeiros Neto. Os quadros dão uma mostra da evolução do trabalho de João Antônio, de uma pintura mais figurativa na década de 80 até os dias atuais, com um traço mais solto e sugestivo. O diálogo crítico com a realidade social e política também aparece como marca que atravessa a obra de João, do período de redemocratização do país e governo Collor chegando aos eventos atuais. Tudo captado por um olhar que antevê tempos difíceis para as liberdades democráticas e movimentos sócio-culturais. 


A abertura também contou com uma performance cênica do grupo BATEA - Bando de Teatro Avoante - e de show musical do grupo Uma Banda sem Você. A exposição ficará aberta ao público até o dia 31 de dezembro. 


quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Oficina de teatro no Espaço Avoante de Cultura





No último dia 6 de outubro, teve início no Espaço Avoante de Cultura oficina Teatro e cinema, ministrada por Rirome Ian. A oficina é viabilizada pelo financiamento oriundo das penas pecuniárias aplicadas pela 2ª Vara de Justiça de Currais Novos, concedidas através de projeto submetido a edital publicado pelo poder judiciário, que destina recursos para o desenvolvimento de projetos socioculturais que beneficiem jovens de baixa renda. A oficina disponibiliza 30 vagas gratuitas, das quais metade ainda se encontra disponível.  Os interessados devem entrar em contato com o número: (84) 99867-8908. O processo deve se estender até meados de fevereiro de 2019.
Nesse final de semana, a oficina Teatro e cinema também oferecerá workshop com Lenilda, da Cia. Escarcéu de Teatro, de Mossoró. Sábado das 8h às 11h pela manhã, pela tarde das 14h às 17h. O mesmo horário para o domingo.